Lugar onde só há ilusão

 

O brilho não se une a cor,
Viver não se tem o mesmo sabor,
Em um lugar onde a pureza não tem valor,
O tempo me leva pra longe de quem realmente sou,

A chuva molha o meu rosto,
E cada gota se transforma em desgosto,
De um pseudo ardor sem fim,
Caindo sobre mim,

Se é natural, por que está fora do normal ?
Se é realidade, por que os sonhos parecem estar pela metade?
Se é pura conviccão, por que não me traz satisfação?
O tempo agora me leva pra outra dimensão,
Nesse lugar onde só há ilusão,

Apenas finjo não estar,
Em um lugar onde a atração é ver o tempo parar,
Apenas segure minha mão,
Me leve para tua dimensão,
Tirando-me deste lugar onde só há ilusão.

Alan Batista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s