Acredite

Acredite em mim,
Acredite em meu olhar,
Acredite em minha pureza,
Acredite em meu sentimento,

A pergunta não é se você está bem, e sim se estás feliz.
Sei que palavras sem atos são como uma brisa contra uma parede de concreto: nada.

Mas

Acredite que sou o bom e velho eu,
Acredite que viverei por você até não puder viver mais por mim,
Acredite em minha crença,
Eu estou aqui dentro, eu sempre estive aqui dentro.

Acredite em minhas cartas,
Acredite em cada verso meu em qualquer lugar,
Acredite no aparente e no oculto,
Acredite que podemos,
Acredite que é possível,
Acredite.

Se é amor o medo ameniza, se unir a certeza o medo acaba,
É mais fácil machucar ou fazer feliz?
Ora, por que o mais difícil não prevalece?

A cada sinal meu coração salta,
Meus batimentos causam desordem,
Se meus olhos mostrassem minha alma…

Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço,
Bem como dois corações não ocupam sentimentos diferentes.

Acredite em nossa frequencia,
Acredite que podemos nos equalizar,
Acredite que eu me encontrei quando te perdi,
E não mais me perderei se confiar em mim.

Acredite que lembro-me de ti,
E esqueça que por um instante esqueci de nós.
Acredite que não me adaptei sem você,
Acredite que sofro,
Acredite que aprendi.
Por fim,
Acredite em nos,
Acredite no amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s