Meus Singelos Votos

Dividir as águas dos campos,
Florir os rios com pétalas,
Adoçar o som com cantos,
Pintar o amor em aquarelas.

Sorrir ao estranho,
Caminhar sem destino,
Olhar as estrelas com teus encantos,
Dormir ao ar livre, sonhar como um menino.

Janelas dos olhos abrir,
Debruçar sobre elas, aquietar a alma.
Desenhar em gestos um sorriso sem fim,
Sentir o sabor da calma, sem pressa, com calma.

Oferecer o simples, sem dosagem, e será muito.
Sentir o cheiro do mato, vasto, em qualquer lugar:
Que haja pureza em cada olhar,
Que haja amor, em cada andar.
Que exista água doce em teu amargo mar,
E exista paciência, em teu doce poço de água.

Vivencie o belo, o singelo,
O bobo, o discreto, qualquer verso.
Dê ouvido aos pássaros, cantam melhor que qualquer humano,
Observe seus passos, e perceba, que o voo, é desumano.

Flores e orações aos vivos,
Orações e flores aos mortos,
Respeite os ciclos,
Respeite os devotos,
Queira ser.
Viva a vida, ela te faz viver.

Justifique a existência neste mundo,
Não peça nada,
Mereça tudo.

ABP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s