01:23

Um gole de vida, para as almas vazias,
Um bom som aos carentes ouvidos,
Para a pele, maresia.
Para o corpo, valentia.
Uma dose de vinho à boca seca, amarga,
Sedenta.
Um livro à quem vê, mas não enxerga além,
Mesmo bem alimentado, você adoece.
Perece.
Fortes são os que lutam no ardor
O que faz feliz, também te provoca dor,
Dissabor.
O amor não está nos lábios,
Saber a hora de parar é para os sábios,
Decifrar o antes ou o depois, é preciso ser, agora.
Tem coisas que você não fala,
espera alguém falar,
Tem coisas que você não sabe,
mas um dia vai saber.
Fico puto de ver o tempo indo embora,
Mas não importo em ver a idade em mim,
O tempo é consequência do seu próprio tempo, até o fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s