“Gaorando”

Queres águas calmas, e hoje eu só tenho um mar agitado
Procuras o previsível, eu quero o imprevisível,
Queres traçar um caminho, eu, não tenho a rota.
Queres pressionar, não sinto nada.
Queres desabrochar o que talvez nunca tenha sentido,
Para eu, não faz sentido.
Queres unir nossos perfumes, mas, sinto, não uso.
Queres o encanto e não possuo a magia,
Não preciso mais prender-me para encontrar um diretriz,
Não quero encantar-me para, assim então, ser feliz.
Felicidade é um estado de espírito,
Onde corpo, alma intercalam-se. Não sabe como?
Acalme-se, também és uma eterna aprendiz.
Em cada um de nós, algo bom há de se lembrar,
Tenha em mente,
Pouco, muito, ou o apenas, o suficiente.

Alan Pimentel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s