Cortando o mal com a raiz

O cenário musical hoje tem apresentado uma inversão de valores, onde a musica de qualidade definitivamente não obtem o destaque merecido. É um fato que ocorre em todos os estilos musicais, mas é algo horroroso o que fazem com a música sertaneja, o que tem me chamado muita atenção por ter adquirido um contexto totalmente errado, tanto no sentido literário quanto na imagem refletida ao publico.
A musica sertaneja apresenta em suas composições temas do cotidiano interiorano, preservando a simplicidade, à regiões bucólicas, enfim, a essência natural, do natural. É inadmissível que deteriorem algo tão precioso e histórico com letras que contribuem mais para vendas de automóveis, e absolutamente nada para sua raiz. O preço trocado pelo valor, o sucesso no topo e a arte tomou chá de sumiço, o vulgar no lugar do amor, totalmente o inverso do que realmente é, apenas pela busca incessante de sucesso e reconhecimento. A velha viola de ponteio foi jogada num canto e está cheia de pó, enquanto um bocado de desbocados utilizam o microfone como instrumento referencial para expor não o que foi feito por ele mesmo, mas o que foi comprado por sua assessoria, avaliado por um majoritário que visa apenas o capital e que diz: respeite nosso contrato, cante isto desta forma, com esta roupa, com este cabelo.
Sucesso uma ova, pseudo sucesso! Ouse conhecer a verdadeira musica, ouse ouvir Renato Teixeira que anuncia: “amanheceu peguei a viola”, e que ainda continua “tocando em frente”, Almir Sater e sua “chalana”, “no rastro da lua cheia”, CH&X e “seu fogão de lenha” contemplando o “nhambu chitão e o xoróró”, Sergio Reis com teu “filho adotivo”, o “menino da porteira”, Léo Canhoto & Robertinho em seu “ultimo julgamento”, Milionário & Zé Rico na “longa estrada da vida”. Ouse ouvir a letra que possui conteúdo!
É necessário separar o lixo do luxo, e entender que mesmo após 10, 20, 30, 40, 50, 60 anos ela irá perdurar em cantores que prezam realmente pela arte da música sertaneja, porque está enraizado, é a essência, é a marca, é a verdade de um lugar que realmente existiu, a verdade na letra de quem realmente viveu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s