It was just a game!

Há um jogo de egos,
Há uma guerra de necessidades,
De ser algo maior.
De ser algo melhor.
De ser algo! Não alguém…
Eis o erro!

Eis a máscara,
Eis a mentira.
Eu sabia, mas quis jogar.
Não ganhei, mas o que seria ganhar?
Ter você como prêmio?
Não estou falando sobre me premiar.

Eis o raso,
Eis o supérfulo,
Eu sabia que não era profundo, mas quis mergulhar.
Não me afoguei, mas o que seria se afogar?
Esperar você se apresentar como “o ar”?
Não estou falando sobre eu respirar.

Tudo bem, você não tem culpa.
Está (su)focada no jogo.
Mas perde sem saber toda vez, quando pensa que ganha.
Eu ainda lembro,
Você disse: “I’m afraid, ‘cause I always hurt myself”
Você se atrai pela causa, mas se distrai e esquece o efeito.

Não vejo nova mente,
Talvez não lhe veja novamente
Mas sei que por dentro, você mente!
Por medo da verdade,
Ou apenas por gostar de jogar.

Houve um jogo de egos,
Houve uma guerra de necessidades,
Não existe mais,
“I’m out!”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s